Eu sei que hoje (12) é dia dos namorados. Mas a notícia que a gente traz não é das mais agradáveis. Ou é? Depende do ponto e vista.

Mês passado, no post Paris: o amor na ponte bamba, falamos sobre a polêmica que os “cadeados do amor” vinham causando na capital da França. O texto tratava da tradição dos casais enamorados, que prendiam trancas nas grades das pontes da cidade. Até aí,tudo bem. O problema é que isso estava colocando em risco as estruturas da Pont des Arts e Pont de l’Archevêché, pontos turísticos de grande relevância na Cidade Luz. A prefeitura local já vinha pedindo aos turistas que deixassem o costume de lado, propondo que aderissem aos selfies da campanha #lovewithoutlocks.

Pont des Arts: grade não suporta o peso dos cadeados do amor. Prefitura pede que turistas tirem fotos e desistam do costume | Foto: Mehdi Mhenni/CC

Pont des Arts: grade não suporta o peso dos cadeados do amor. Prefitura pede que turistas tirem fotos e desistam do costume | Foto: Mehdi Mhenni/CC

Agora, uma nova medida foi tomada para acabar de vez com a “bagunça”. Semana passada, uma exposição temporária de arte de rua teve início na Pont des Arts (veja na foto principal desta página), ocupando todo o espaço das grades onde as trancas ficavam. A instalação vai até o começo do outono europeu, quando dará lugar a painéis de vidro.

O que você achou dessa medida? Justa, afinal o patrimônio público de Paris estava sendo danificado? Injusta, já que a tradição atraia muitos turistas e casais apaixonados e, sem isso, você tem uma razão a menos para visitar a cidade?

Deixe seu comentário.

Like this Article? Subscribe to Our Feed!

(Visited 388 times, 4 visits today)

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.