Vamos supor que você ainda não tenha ouvido falar da Matterhorn (ou Cervino), a montanha mais famosa dos alpes, depois de Mont Blanc, é claro. Não se envergonhe por isso. Eu também não nada tinha ouvido falar sobre esse pico de 4.478 metros até chegar a mim o vídeo absolutamente fantástico de alpinistas caminhando tranquilamente rumo ao cume da montanha. É preciso coragem para enfrentar o desafio, com seus precipícios alucinantes em ambos os lados prontos para te devorar a cada passo dado. Uma escorregada e pronto, lá se vai mais uma alma corajosa para o céu dos valentões.

Bom, mas isso é um detalhe. Estávamos supondo que talvez você ainda não soubesse da existência dessa montanha. Mas daí eu te digo que sim, você já tinha visto a Matterhorn, mas apenas não tinha associado o nome à, digamos, pessoa. O pico está estampado nas caixas de um dos chocolates mais gostosos vendidos no supermercado: o Toblerone. Mas não é só isso. A guloseima tem ganhou esse formato inspirado na Matterhorn. Não é fantástico?

Teaser do Toblerone

Teaser do Toblerone

Agora vamos dizer que você se empolgou com a possibilidade de viver essa aventura. Aí vão algumas dicas de experts:

  1. Anes de mais nada, é preciso estar em um ótima forma física (só isso já me tira do jogo)
  2. Estar praticando alpinismo constantemente por pelo menos cinco meses e enfrentando escaladas com graus de 4 a 6
  3. Realizar a escalada com um guia experiente
  4. Reservar um refúgio e organizar minuciosamente os horários das atividades
  5. Reservar tempo suficiente para a aventura, que pode durar de dois a sete dias, conforme as condições do alpinista e da meteorologia.

Neste site, você encontra mas informações sobre como fazer para fazer essa escalada.

Enquanto isso, curta o visual da montanha no vídeo abaixo. É de tirar o fôlego!

Like this Article? Subscribe to Our Feed!

(Visited 322 times, 3 visits today)

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.